quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Dez Anos

Não queria morrer assim, sentado em uma cadeira
Sem ver pela última vez todos aqueles que passaram pela minha vida
Todas as pessoas que quando matei, joguei suas fotos na lareira
Recordando que foram essas pessoas que me deram água e comida

Queria ver todas essas pessoas uma única e última vez
Segurar a mão e agradecer um por um, por terem me moldado assim
Queria ouvir de um por um o nome de vocês
Ao menos a morte poderia ser generosa e dar esse presente para mim

Meus únicos amigos, que nunca tive, assistam a minha morte comigo
Não quero que façam missa de sétimo dia
Não quero que pesquisem sobre os meus escritos
Não é preciso mentir sobre mim para a minha filha

Digam a ela que a deixei, fui fraco, optei pela suicídio
E o dia que a levei ao bosque, eu chorei por que era uma despedida
Digam a ela que, como foram para mim, vocês serão amigos dela.

Nenhum comentário: