sábado, 22 de outubro de 2011

Cadillac Verde


Cadillac verde
Abra as portas
Olhe o céu
Olhe o sol
Olhe as nuvens tortas

Andava cambaleante
Com a faca atravessada na cintura
Um passo sóbrio
Outro insano

Nenhum comentário: