segunda-feira, 6 de junho de 2011

Não Puxe o Gatilho

Ei criança, não puxe o gatilho contra a sua mãe.
Você irá a julgamento, será condenado à forca.
Criança, estupre sua mãe, tomando cálice de champanhe
A faça gozar, minha criança, antes que eu morra.

Siga em frente, ela irá gostar.
Mas não puxe o gatilho
Apenas a faça gozar
E dê a ela um filho de seu filho.

Minha criança, você está perdida
Nesta selva pervertida?
Então... Ei, assassino!
Eu acho que você tem uma vítima.

Nenhum comentário: