domingo, 1 de maio de 2011

Homem Velho e Ganancioso


A história de um homem velho e ganancioso
Que trazia um casal de filhos consigo
É a história que lhes contarei de novo
Para que parem de olhar para o próprio umbigo

Nunca foi correto escravizar os seus iguais
Pior ainda quando são os seus filhos
Não é certo alegar amor de pai
Pois não posso dar a outro
O que não quero comigo

E se você tem filhos
Não basta dizer que é proibido
Você precisar explicar
Quais são os motivos

A qualquer hora
Pode aparecer uma senhora simpática
Encenando uma antiga peça de palco
Oferecendo aos seus filhos algo por nada
E lhes entregando nada por algo

Se eu fosse algum zombador
Diria que a história é uma herança
Mas se tem uma lição que aprendi
É que sempre se deve temer a ganância 

Nenhum comentário: