domingo, 6 de fevereiro de 2011

Aja


Não enlouqueça
Não doerá
É só um tiro na cabeça
Não interessa suas crenças
Tudo terminará

Fique tranquilo
Não insista
Que nada estará perdido
Desde que você não desista

Conheci um homem
Que tinha medo dos mendigos na rua
E quando saia de casa
Andava com uma arma na cintura

Boceje
Sinta sede!
Mas se quer mais algo por inteiro
Entregue o dinheiro
Crie o seu nome
Sinta fome!
Mas se quer mais algo por inteiro
Entregue o dinheiro

Sempre haverá um segredo
Deixado em algum lugar guardado
Então não se preocupe com o bilhete
Por que ninguém entenderá o recado

Nenhum comentário: